cancro da mama

envie a um amigo share this

Association between pertuzumab-associated diarrhea/rash and survival outcomes

O cancro da mama é o cancro mais frequente no sexo feminino à escala mundial. Destes tumores, aproximadamente 15% são HER2+. Em doentes com tumores HER2+, o tratamento com anticorpos anti-HER2 melhorou substancialmente os resultados em saúde, quer em contexto precoce quer em contexto metastático. Em contexto metastático, o ensaio CLEOPATRA demonstrou melhoria da sobrevivência global para a combinação de pertuzumab, trastuzumab e docetaxel quando comparado com trastuzumab e docetaxel em doentes sem tratamento prévio em contexto metastático.

Novo método de cultura para o estudo do cancro da mama

A principal estratégia terapêutica utilizada em 75% dos cancros da mama tem como alvo o recetor de estrogénio alfa (ERα). Em alguns casos, contudo, esta terapêutica mostra-se ineficaz sendo que os mecanismos associados a esta resistência são ainda pouco conhecidos.  Neste trabalho, os investigadores desenvolveram uma nova estratégia de cultura de tecido tumoral que permite a manutenção da estrutura original dos tecidos, incluindo populações celulares e matriz extracelular.

Relevância clínica da proteína CTLA-4 no carcinoma mamário felino

Investigadores da Faculdade de Medicina Veterinária (FMV/ULisboa) e do Centro de Investigação Interdisciplinar em Sanidade Animal (CIISA)  avaliaram a importância clínica da medição dos níveis séricos da proteína CTLA-4 em gatas com carcinoma mamário, com vista a validar a CTLA-4 com alvo em futuros tratamentos moleculares, à semelhança do que já acontece em vários tipos de cancro nos humanos, onde a inibição desta proteína resulta num aumento da capacidade do sistema imunitário para destruir células tumorais.

O potencial benefício clínico do recetor de androgénio (AR) como alvo terapêutico em células de cancro de mama ER+ tratadas com Exemestano

Desenvolvimento de compostos sintéticos com potencial atividade citotóxica contra os cancros da próstata e da mama

A quimioterapia é uma das terapias efetivas utilizadas no tratamento de vários cancros, no entanto devido aos seus efeitos secundários e ao desenvolvimento de resistências, a comunidade científica encontra-se sempre à procura de novas drogas que possam ultrapassar estes problemas. Tendo em conta a alta incidência do cancro da mama e da próstata nas mulheres e nos homens, respetivamente, e o papel que as drogas têm no tratamento destes cancros, este trabalho teve como objetivo a síntese de benzofenonas com potencial aplicação no tratamento do cancro.

DLL1, um ligando da via de sinalização Notch, exerce efeitos carcinogénicos em células de cancro da mama humano de diferentes subtipos

A diminuição dos níveis da proteína DLL1 (ligando da via de sinalização Notch) reduz as propriedades cancerígenas de células de cancro da mama humano de vários subtipos de modos diferentes. Este estudo, desenvolvido por cientistas do iBET, contribui para o conhecimento dos mecanismos envolvidos na patobiologia do cancro da mama e para o desenvolvimento de novas estratégias terapêuticas contra este tipo de cancro.

 

Autores e Afiliações:

Desenvolvimento de terapia génica dirigida a vulnerabilidades genéticas do cancro da mama

Vulnerabilidades genéticas do cancro da mama são alvo de uma abordagem inovadora baseada em vectores de terapia génica. Este trabalho que juntou equipas do iBET e do IPATIMUP é baseada em shRNA entregues por partículas de AAVs e demonstra a possibilidade de diminuir a velocidade de crescimento de tumores da mama do tipo basal através do silenciamento da proteína PSMA2 (Proteasome subunit alpha type-2). Embora preliminar, este estudo representa um primeiro passo no desenvolvimento de novas terapias para este tipo de cancro.

 

Autores e afiliações, 

Unfolded Protein Response no cancro da mama e próstata

Cientistas do Instituto de Biomedicina (iBiMED) da Universidade de Aveiro (UA) publicaram um artigo de revisão na revista Carcinogenesis. O artigo “Contribution of the unfolded protein response to breast and prostate tissue homeostasis and its significance to cancer endocrine response”, fornece uma revisão crítica e atual sobre as vias de proteostase e a sua importância para a homeostase da glândula mamária e da próstata.

Nanoparticulate vaccine inhibits tumor growth via improved T cell recruitment

Este estudo descreve o desenvolvimento de uma vacina composta por nanopartículas e a caracterização da interacção desta imunoterapia com as células imunológicas alvo. Esta vacina induziu uma extensa infiltração de linfócitos T no tumor, e inibiu significativamente a progressão desta doença em modelos animais de melanoma e cancro da mama.

X Congresso Nacional de Senologia

Eurostars Oasis Plaza, Figueira da Foz, Portugal
 
11 - 13 October, 2018