ASPIC

envie a um amigo share this

Multiple Myeloma: Available Therapies and Causes of Drug Resistance

Multiple myeloma is a rare debilitating hematologic malignancy of plasma cells, a type of immune cell responsible for producing antibodies. Abnormal accumulation of myeloma plasma cells within the bone marrow will result in the disruption of haematopoiesis (anaemia, infections), increased bone turnover (osteolytic lesions, hypercalcemia) and excessive amounts of monoclonal immunoglobular proteins (kidney failure). Even though multiple myeloma is treatable for a while, it still remains as an incurable disease with a severe impact in the patients’ quality of life.

Mieloma múltiplo: terapias disponíveis e causas de resistência a medicamentos

O mieloma múltiplo é uma neoplasia hematológica debilitante das células plasmáticas, um tipo de célula imune responsável pela produção de anticorpos. A proliferação anómala de células plasmáticas do mieloma na medula óssea resultará na interrupção da hematopoiese (anemia, infeções), aumento da renovação óssea (lesões osteolíticas, hipercalcemia) e produção excessiva de imunoglobulinas monoclonais (insuficiência renal). Embora o mieloma múltiplo seja tratável do ponto de vista clínico, ainda permanece como uma doença incurável, com um forte impacto na qualidade de vida dos doentes.

Strategies to determine the role of reticular stress in chronic diseases

The endoplasmic reticulum (ER) is the largest organelle in the eukaryotic cell, consisting of a network of tubules and branches that includes the nuclear envelope and extends throughout the cytoplasm. Its main functions are the synthesis, folding and transport of proteins. When any of these functions is compromised, the unfolded protein response (UPR) is activated, a set of ER-centered signaling cascades aiming to restore homeostasis.

Estratégias para determinar o papel do stress reticular em doenças crónicas

O retículo endoplasmático (RE) é o maior organelo da célula eucariótica, sendo constituído por uma rede de túbulos e ramificações que inclui o invólucro nuclear e se estende por todo o citoplasma. As principais funções que desempenha são a síntese, processamento e transporte de proteínas. Quando alguma destas funções é comprometida, é ativada a unfolded protein response (UPR), um conjunto de várias cascatas de sinalização focadas no RE e cujo objetivo é restaurar a homeostasia.

Clinical relevance of the CTLA-4 protein in cats with mammary carcinoma

Cytotoxic T lymphocyte associated antigen 4 (CTLA-4) serves an important role in breast cancer progression, which has led to the development of novel immunotherapies aimed at blocking tumor immune evasion. Although feline mammary carcinoma is increasingly recognized as a valuable cancer model, no studies on CTLA-4 function had been conducted in this species. The serum CTLA-4, TNF-α and IL-6 levels of 57 female cats with mammary carcinoma were determined by ELISA, and immunohistochemistry was performed to evaluate CTLA-4 and FoxP3 expression in tumor cells and interstitial lymphocytes.

Relevância clínica da proteína CTLA-4 no carcinoma mamário felino

Investigadores da Faculdade de Medicina Veterinária (FMV/ULisboa) e do Centro de Investigação Interdisciplinar em Sanidade Animal (CIISA)  avaliaram a importância clínica da medição dos níveis séricos da proteína CTLA-4 em gatas com carcinoma mamário, com vista a validar a CTLA-4 com alvo em futuros tratamentos moleculares, à semelhança do que já acontece em vários tipos de cancro nos humanos, onde a inibição desta proteína resulta num aumento da capacidade do sistema imunitário para destruir células tumorais.

The expression of the sodium/iodine symporter is inhibited by the pro-inflammatory cytokine TNF-α that leads to the activation of the transcription factor NF-kB

A significant proportion of patients with aggressive thyroid cancer fail to respond to radioiodide (RAI) therapy, the systemic treatment of choice for metastatic disease, and no effective alternative treatment exists. In other tumors, such as breast cancers, where the possibility of using RAI as a coadjuvant/neoadjuvant treatment would be an attractive therapeutic option, uptake is insufficient. The sodium iodide symporter (NIS) is responsible for thyroidal and mammary iodide uptake and deficient uptake of iodide  is related to defects  in the functional expression of NIS.

A expressão do simportador de sódio e iodo é inibida pelo estímulo pró-inflamatório da citocina TNF-α, que leva à ativação do fator de transcrição NF-kB

Uma proporção significativa de doentes com formas avançadas de carcinoma da tiroide perde a capacidade de responder à terapia com iodo radioactivo (RAI), o tratamento sistémico de eleição para a doença metastática, não existindo alternativas terapêuticas eficazes. Noutros tipos tumorais, como o carcinoma da mama, em que a possibilidade de utilizar o RAI como terapia coadjuvante / neoadjuvante seria benéfico para muitos doentes, a captação de iodeto é insuficiente.

Keep doing cancer research during the emergency state: more than ever we need to be united and to collaborate

Dear ASPIC members,

 

Continuar a fazer investigação em cancro durante o estado de emergência: mais do que nunca precisamos de estar unidos e de colaborar

Caros Sócios da ASPIC,