ASPIC

envie a um amigo share this

O fator de transcrição brachyury é um novo supressor tumoral em gliomas

O trabalho recentemente publicado na revista ‘Journal of Pathology’ foi realizado no ICVS/3B’s, Escola de Medicina, Braga, e teve a parceria de Instituições nacionais e internacionais, incluindo o Hospital de Câncer de Barretos (São Paulo, Brasil) e The Institute of Cancer Research - ICR (Sutton, UK). O brachyury, importante factor de transcrição no desenvolvimento embrionário tem sido descrito como oncogene em cordomas e vários outros tumores sólidos.

A possible new mechanism that controls the movement of STAT3 within cancer cells

STAT3 is a transcription factor constitutively activated in 70 % of solid tumors, where it is related to cancer cell proliferation and survival and cancer-associated inflammatory responses. Conversely, inactivating mutations of STAT3 cause hyper IgE syndrome and turn patients more prone to develop tumours. In order for STAT3 to activate the expression of cancer- and inflammation-related genes, it has to form pairs with other STAT3 molecules and move from the cytoplasm to the nucleus or the mitochondria. We have developed a system to visualize these phenomena in living cells.

Um possível novo mecanismo que controla o movimento do STAT3 nas células cancerígenas

STAT3 é um fator de transcrição ativado constitutivamente em 70% dos tumores sólidos, onde está relacionado com a proliferação e a sobrevivência das células cancerígenas e com as respostas inflamatórias associadas ao cancro. Por outro lado, mutações inativadoras do STAT3 causam a síndrome da hiper IgE e tornam os pacientes mais propensos a desenvolver tumores. Para que o STAT3 ative a expressão de genes relacionados com o cancro e a inflamação, ele deve formar pares com outras moléculas de STAT3 e passar do citoplasma para o núcleo ou as mitocôndrias.

New chalcone-type compounds and 2-pyrazoline derivatives: synthesis and caspase-dependent anticancer activity



Artur Silva - Departamento de Química, Universidade de Aveiro; David Pereira - Faculdade de Farmácia, Universidade do Porto; Patrícia Valentão - Faculdade de Farmácia, Universidade do Porto; Paula Andrade - Faculdade de Farmácia, Universidade do Porto

Atividade antitumoral de novos derivados chalcónicos e pirazolínicos

Neste trabalho, realizado no âmbito de uma parceria entre investigadores do Departamento de Química da Universidade de Aveiro, da Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto e da Universidade Mentouri-Constantine (Algéria), foram sintetizados pela primeira vez 15 novos compostos, divididos entre derivados de estrutura chalcónica e 2-pirazolínica. Todas as moléculas foram avaliadas pela sua potencial atividade antitumoral recorrendo a células humanas de cancro de estômago e de pulmão.

SOX2 is a functional marker of gastric cancer stem-like cells sensitive to monensin

Gastric cancer remains one of the most incident and deadly worldwide. It is usually detected in more advanced stages and therefore, the available treatments are not always sufficient to treat patients, leading to a low survival rate. Additionally, in some cases after an apparently successful treatment the cancer recurs. The recognition of cancer stem cells (CSCs) as keys of the tumorigenic process, metastasis and resistance to radio- and chemotherapy makes them an essential target for an efficient cancer treatment.

SOX2 é um marcador funcional de células estaminais de cancro do estômago sensíveis à monensina

O cancro do estômago continua a ser um dos mais incidentes e mortais em todo o mundo. É, geralmente, detetado em fases avançadas e, por isso, os tratamentos disponíveis nem sempre são suficientes para tratar os pacientes, conduzindo a uma taxa de sobrevivência baixa. Adicionalmente, em alguns casos, após um tratamento aparentemente bem sucedido ocorre recidiva do cancro.

A new molecular link between HOXA9 and WNT6 with clinical relevance in glioblastoma



Céline S. Gonçalves 1,2, Ana Xavier-Magalhães 1,2, Eduarda P. Martins 1,2, Afonso A. Pinto 3, Manuel Melo Pires 4, Célia Pinheiro 5, Rui M. Reis 1,2,6, Nuno Sousa 1,2, Bruno M. Costa 1,2

1 Life and Health Sciences Research Institute (ICVS), School of Medicine, University of Minho, Campus Gualtar, 4710-057 Braga, Portugal;

Um novo link molecular entre HOXA9 e WNT6 com relevância clínica em glioblastoma

Investigadores do ICVS (Instituto de Investigação em Ciências da Vida e da Saúde; Escola de Medicina, Universidade do Minho) identificaram os potenciais mecanismos reguladores responsáveis pelo aumento da expressão do WNT6, uma proteína oncogénica, em glioma. Os gliomas malignos são dos cancros mais mortíferos, para os quais não existe ainda um tratamento curativo, sendo por isso crítico não só a identificação de novos alvos moleculares, mas também a compreensão dos seus mecanismos de ativação, de modo a contribuir para o desenho de novas terapias direcionadas.

The potential clinical benefit of targeting androgen receptor (AR) in ER+ breast cancer cells treated with Exemestane

 

Authors and Afiliations:

Cristina Amaral, Tiago V. Augusto, Marta Almada, Sara C. Cunha, Georgina Correia-da-Silva, Natércia Teixeira

UCIBIO.REQUIMTE, Laboratório de Bioquímica, Faculdade de Farmácia, Universidade do Porto

 

Abstract: